sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Rabisco da noite

(...)
Sob a noite hostil  
Somos meros personagens esquisitos  
Entramos em cena e desaparecemos  
Como clandestinos...  
Somos da noite parte essencial  
Ao rabisco de Shakespeare  
Tentando entender se “ser ou não ser eis” ainda “a questão” primordial.
 Marcello Silva - Fazenda Porção. 2009

0 comentários:

Postar um comentário