terça-feira, 22 de novembro de 2016

Cordel à Chaval - Ilha de Pedra



SIMPLESMENTE CHAVAL


Surgida no acaso dos anos
A princesinha do litoral
Posta entre rios e marés
Cidade da pedra e do sal 
Eis a irreverente e ilustre 
Eis a pequena Chaval. 


A origem do seu nome é um enigma 
Mistério que ninguém desvenda 
Uns dizem que é devido ás chaves 
Achadas que se tornou lenda
Outros afirmam ser palavra francesa 
Que traduzindo quer dizer fazenda


Ao final do século dezenove 
Chegaram os primeiros povoadores 
Vindo de Ibuassú toda família 
Carneiro Cunha e servidores 
Sendo de Chaval, portanto 
Os primeiros moradores 


Descendente dessa mesma família 
Veio da cidade o fundador 
José Carneiro da Cunha 
De título chamado Monsenhor 
Homem de fé em bons princípios 
Que mostrou a nossa gente seu valor 


Mil novecentos e cinquenta e um 
Se deu sua emancipação
Em vinte e dois de novembro
Politicamente sua “libertação” 
Francisco Thieres Carneiro 
O primeiro prefeito na ocasião 


Geograficamente está situada 
Ao extremo norte do Ceará
Tendo Luis Correia a oeste 
A leste Barroquinha lá está 
Ao sul o município de Granja 
Ao norte as águas calmas do mar. 


São mais de *doze mil habitantes 
Segundo o último censo populacional 
**Duzentos e trinta quilômetros quadrados 
É a sua extensão territorial 
***Quatrocentos e vinte mil metros 
Distante de nossa capital 


São mais de vinte localidades 
Ao longo de sua extensão 
Distrito é só Passagem dos Vaz 
Porém, tem Carneiro, Jatobá, Poção 
Vereda, Pau D’arco, Retiro, Malhada D’areia 
Nova Olinda, Mucambo, São Paulo, Japão... 


Pontos turísticos aqui existem 
São bonitos por natureza 
Tem o Caldeirão, Pedra da Santa 
Açude Itaúna com sua profundeza 
Tem os postos da Missa e do Mosquito 
Da ****Carnaúba a vista é uma beleza 


Sua cultura resiste ao tempo 
Ela é rica e diversificada 
Temos lendas, comidas típicas 
Festas juninas e vaquejadas 
Dançamos capoeira, bumba meu boi. 
A tradição, assim é preservada. 


Tens um povo de muita fé 
Variadas religiões para adorar 
Têm católicos e evangélicos 
Terreiro de Ogum e Iemanjá 
Tem umbanda e espiritismo 
E alguns Testemunhos de Jeová. 


Sua vegetação é basicamente 
A caatinga e manguezais 
Clima quente, alto grau 
Muito calor por aqui faz 
Quando inverno a coisa muda 
Chove que não para mais 


A economia gira em torno 
Da agricultura e extração de sal 
Também atacado e varejo 
Pecuária e pesca artesanal 
Ainda temos em complemento 
Feira livre, comercio informal. 


Eis, portanto, Chaval 
Em evolução e crescimento 
Sendo beijada pelas marés 
Ao passar contínuo do tempo 
Sustenta grande esperança 
Em busca do desenvolvimento.


OBS:
* - 12. 617 habitante
** - 238 km2 de extensão
*** - 425 km de Fortaleza
**** - Pedra da Carnaúba com 100 m de altura



quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Crônica | Dona Birica


(à Vó Birica)

“Ah meu filho, estou muito cansada...” é a frase dela mais usual, ultimamente, depois de ter “criado” doze filhos, além de cinco outros que morreram antes de completar um ano de idade. E ainda ajudou a matriarca dos Araújos a ‘criar’ o seus.
Seu nome é Maria, igual a tantas outras ‘Marias da Conceição’. O Silva é o detalhe que a torna de aço. Ela casou aos quinze anos, ficou viúva aos sessenta e em sua vida, incorporou uma heroína digna dos melhores roteiros hollywoodianos.
Hoje, aos 83 anos, 12 filhos, 37 netos e 48 bisnetos, ela contempla o silencio enquanto espera a água ferver para seu café mágico. Cansada e dolorida, mas, inquieta. Levanta ás cinco horas da manhã para seus afazeres domésticos. Por vez, desconfio que não seja humana: como pode tal bravura?
Seu corpo, de que matéria é constituído? Cada cabelo branco e cada ruga em seu rosto é uma página da vida, uma lição aprendida, cuja experiência foi preciso cravar na pele para que outrem, ao observar, também aprenda que a vida, para ter sentido, é preciso ser construída de desafios, batalhas e obstáculos quase intransponíveis.
De tudo, o que mais admiro é seu silencio que me cortam as metáforas... Aquele olhar para o vazio que esconde mistérios que jamais decifrarei. Não sei o que pensa. Se sente saudades de ontem ou se sonha com o amanhã.
Enquanto isso, o café já está pronto e ele tem gosto de flores e cheiro de fadas. Acho que, um pouco da sua essência, escapa em tudo que ela faz.


SILVA, Marcello. O Pescador. Chiado Editora, 2015. 102 p.

P.S.: Dona Birica faleceu último dia 09 (Novembro de 2016)

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Poema | Superlua


Imagem: Sergei Grits/ AP



Tocou-me uma lua cheia
Quando eu, inebriado de amor,
No Porto das Canoas adormecia.

O que mais deseja um homem apaixonado,
Senão uma 'superlua' cheia?
Eu no discurso derradeiro calo-me.
Posto entre amigos e inimigos observo-os.
Se carrego em mim dez segredo grudados à Pele
Escondo-os sob a intensa melanina...

'Lua chavalense' que aqueceu a alma amante,
Por um instante, do meu triste poema .

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Celebrando Drummond no Colégio Dez em Parnaíba/PI



Os poetas Marcello Silva, Jailson Júnior e Claucio Ciarlini estiveram reunidos ontem (31/10) no Colégio Dez, em Parnaíba/PI, para falar de literatura em alusão ao Dia Nacional da Poesia e também, para homenagear Carlos Drummond de Andrade, um dos maiores poetas da nossa literatura.

Os poetas foram recepcionado pela professora Rossana Carvalho que os apresentou aos alunos. Muito entusiasmo e alegria marcou o encontro de gerações em torna da poética 'drummoniana'

Os autores começaram declamando um texto de autoria do escritor e editor Claucio Ciarlini.

Depois de uma breve apresentações de cada autor, foram declamados textos em homenagem a Drummond. Posteriormente, foi aberto espaço aos alunos. Pasmem! cada composição poética mais bela que a outra. Talento. Os alunos que se arriscaram a ler suas poesias autorais, simplesmente arrasaram! 

E finalizando o encontro, os poetas alternaram em estrofes de um poema sobre esperança. Esperança é o que move a poesia, a arte e o mundo.
Os alunos participantes ganharam brindes de livros e exemplares do O Piagui Culturalista.

Viva a poesia. Viva Carlos Drummond de Andrade!

Continuemos homenageando esse grande mestre Baixe o material gratuitamente e esparrame homenagens a DRUMMOND >>>
https://drive.google.com/…/fol…/0B0uX2NVWuWdRZUt2OUVfWUtfWVk






























Fotos: Jailson Júnior e Rossana Carvalho