quarta-feira, 17 de julho de 2019

Por que o Escritor Claucio Ciarlini merece a Cadeira 27 da Academia Parnaibana de letras?!

Claucio Ciarlini é dos concorrentes à cadeira de nº 27 da Academia Parnaibana de Letras (APAL). Ciarlini tem uma biografia invejável que o habilita ao posto, entretanto o que mais o credencia á cátedra da APAL é a sua HUMANIDADE. Profissional dotado de uma humildade e simplicidade que transborda em seus gestos e atitudes durante os seus mais de quinze anos de atividades em prol da Literatura, da História, da Cultura e da Educação da cidade de Parnaíba e região.


Mais do que ser editor do O Piagui*, ter lançado quatro livros** e organizado outras obras literárias***, Claucio Ciarlini lançou sonhos e publicou esperança nos sonhos de uma geração de escritores. Ciarlini não representa interesses pessoais egocêntricos, Claucio carrega nos ombros as ideias, os projetos e as perspectivas literárias de uma legião de novos autores. 

Ciarlini, através do O Piagui e Coletâneas Literárias, democratizou a publicação e veiculação da literatura da cidade e região. Abriu portas para autores novos e desconhecidos e hoje alguns desses já galgam caminhos diversos. 

Se a Academia Parnaibana de Letras pretende abrir portas para a novidade, abrir diálogo com a nova geração literária de Parnaíba, Claucio Ciarlini é a chave, o portal multidimensional que ligará gerações literárias, agregando à APAL valores, comunicação, literatura, história, cultura e arte no seu mais amplo significado.

Nas palavras do Escritor Jailson Junior:


"Claucio Ciarlini é um espírito motor que muito tem feito pela cultura de Parnaíba em todos esses anos. É um agitador cultural paradoxal: agita sem agitar, quer dizer, sem o estrondo tão comum hoje em dia. Compartilha suas ânsias literárias, não busca a cômoda sombra distante e inerte das quais se revestem os literatos. O Piaguí é a prova cabal disso. Não se perdeu no nefasto caminho da arrogância, comungando trabalho duro e sabedoria desde sempre. A eleição do Claucio para a cátedra 27 da Academia Parnaibana de Letras é um coroamento desses anos de trabalho e de seu caráter ilibado."



Já para Escritora Morgana Sales:

"Claucio Ciarlini é um grande fomentador da cultura Parnaibana. Além da organização de obras e de obras publicadas, sempre busca dar voz aos "novatos" na literatira através do Jornal O Piaguí Culturalista, bem como da plataforma digital O Piaguí Virtual, onde lança inúmeros escritores e os incentiva a se aprofundar cada vez mais nesse ramo. Muitos que já publicam desde muito tempo e muitos que são iniciantes se sentem a vontade e movidos a não parar por conta de seu incentivo. Muitos dos escritores parnaibanos tiveram como pontapé inicial este jornal. Esses espaços são importantíssimos não apenas para a literatura, mas para a arte em geral, pois através deles, toda forma de arte pode ser compartilhada. Claucio também faz um excelente trabalho como professor da rede estadual, produzindo filmes e documentários amadores e incentivando seus alunos, igualmente, à participação nas artes. Resumidamente, sua importância não se dá apenas pela publicação de suas excelentes obras, mas pela importância que este vem tendo dentro do meio literário como fomentador e incentivador."

Sousa Filho, poeta ressalta:

"Defendo que Claucio Ciarlini deve ser membro da APAL pelos relevantes serviços prestados à cultura parnaibana ao longo dos anos"

O escritor e ativista cultural Carlos Pontes enfatizou:

"Claucio é uma pessoa bastante racional. Não se deslumbra facilmente com estrelismos bobos. Ele está preparado para tornar-se um imortal"

No Facebook:


Algumas manifestações: 




Biografia Completa:

Escritor, professor, editor, jornalista cultural, coordenador, historiador e cineasta amador. 38 anos.

Atua há 15 anos em prol da Literatura, da História, da Cultura e da Educação em Parnaíba.

Natural de Teresina (1981), porém residente em Parnaíba desde a infância. Iniciou na escrita poética em 1996, porém lançou-se como escritor em 1999, através de encadernados distribuídos a amigos e colegas de escola.

**Autor de quatro obras: Linhas Impensadas (2004), Pedido de autorização para pensar (2005), Inevitável (2009) e Parnaíba, por quem também faz por Parnaíba (lançamento para agosto de 2019).

*Cofundador e Editor do impresso cultural O Piaguí. Jornal cultural, literário, histórico, mensal, democrático e gratuito, que circula de forma ininterrupta em Parnaíba, Luís Correia e outras cidades desde novembro de 2007 e que atualmente está na sua 140° edição.

Cofundador e editor do site cultural O Piaguí Virtual - 2017.

***Idealizador e organizador da coletânea poética Versania – 1°Ed. (2017) / 2° Ed. (2018); Organizador da Coletânea "Contos entre Gerações"( previsão 2019)

Especialista em História do Brasil – FAP – Faculdade Piauiense – Parnaíba – PI (2009)

Graduado em História – Universidade Estadual Vale do Acaraú – Sobral - CE (2004)

Idealizador e supervisor do Projeto Cinema e História, desenvolvido desde 2011 na escola estadual Cândido Oliveira e instrumento de integração e motivação.

Coordenador do núcleo de pós-graduação em História do Brasil da FAESPA.

Coordenador do Pacto pelo Fortalecimento do Ensino Médio (Estado) – 2014/2015.

Professor efetivo do Estado do Piauí, desde 20 de janeiro de 2010.

Professor contratado do Estado do Piauí, nos anos de 2008 e 2009.

Supervisor Escolar da Prefeitura Municipal de Parnaíba de 2005 a 2012.

Capas do Jornal O Piagui

Capa do livro "Parnaíba por quem também faz por Parnaíba"

Capas das Obras publicadas/organizada por Claucio Ciarlini

Capa da coletânea "Contos entre Gerações"





0 comentários:

Postar um comentário