quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Nosso texto no "Declame para Drummond 2016"

O poema "Louco" do nosso autor Marcello Silva fará parte do Projeto 'Declame para Drummond 2016" que visa homenagear o poeta Carlos Drummond de Andrade.



O projeto de circulação de poesia autoral mais democrático e criativo do Brasil, Declame para Drummond, vai ganhar as ruas do Brasil no mês de outubro de 2016 em celebração aos 114 anos do poeta maior, Carlos Drummond de Andrade. Iniciado em 2010 sob a coordenação da poetisa e ativista lírica Marina Mara, mais de 300 poetas já participaram do Declame para Drummond e tiveram importante projeção na cena literária, principalmente em suas cidades, nas quais estamparam jornais, autografaram poemas. Este ano 162 poetas se inscreveram e terão seus poemas espalhados pelo meio do caminho desse vasto mundo que é nosso país. (Baixe gratuitamente o material AQUI)


Na prática o projeto funciona assim: o poeta envia seu poema de tema livre para Marina Mara e sua equipe. Após ler cada poema e responder aos poetas sobre detalhes operacionais, Marina os diagramas e envia de volta aos poetas que se responsabilizarão por imprimir os poemas e distribuir pelo meio do caminho em sua cidade da maneira que te agradar. Pode ser em um sarau, pode ser no semáforo, no parque, na feira, na escola, pode ser feito um varal de poesia, aí quem manda é sua criatividade, poeta.

O projeto contará com vários saraus e ações poéticas promovidas pelos poetas em suas cidades e na capital do país, cidade da poetisa idealizadora, uma grande celebração será realizada com a soltura de centenas de balões de gás com os poemas desta edição. O evento será realizado no estádio Mané Garrincha a convite da III Bienal Brasil do Livro e da Leitura. “Esse projeto é cara do Drummond, que deu oportunidade a tantos poetas, até então desconhecidos da cena literária, como Lygia Fagundes Telles e Cora Coralina. O 

Declame é poesia viva circulando pelas veias e vias do Brasil”, diz Marina Mara.
Este ano o Declame para Drummond ganhou uma linda aquarela feita pela talentosíssima artista plástica brasiliense Luda Lima que junto ao seu poema ganhará esse vasto mundo. Além de Drummond, o projeto fará este ano uma justa homenagem ao poeta Elício Pontes, ativista da poesia e da educação que participou ativamente do projeto desde o início. Elício fez a passagem este ano e agora virou poesia.

Por um país mais poético e uma cena literária mais democrática – Declame para Drummond!
Para saber mais sobre a idealizadora do projeto, acesse: www.marinamara.com.br ou marinamara@gmail.com.


HISTÓRICO DO PROJETO

Desde 2006 Marina Mara desenvolve projetos literários pelo Brasil visando a popularização da poesia e sem dúvida o Declame para Drummond é um dos mais importantes em termos de visibilidade e alcance de público, tanto de poetas como de leitores.

Na edição de 2010 o projeto o projeto consistiu na instalação de mil poemas junto à estátua de Carlos Drummond de Andrade em Copacabana – RJ, onde um sarau se formou e contou com a presença de poetas, passantes e da família do poeta que pegou os poemas e declamou para Drummond.

Em 2012 o projeto teve a adesão de 110 poetas e distribuiu 12.100 poemas contemplados com uma caricatura de Drummond carinhosamente cedida pelo colega e ilustre ilustrador Chico Caruso. Veja neste link uma importante matéria sobre o projeto com participação da imortal Lygia Fagundes Telles http://bit.ly/25jM73S .

Em 2014 foram 180 poetas participando do projeto, 32.400 poemas distribuídos pelo Brasil, dezenas de saraus e ações literárias realizadas, conforme matéria do link http://bit.ly/1OTQT0p Até hoje foram, pelo menos, 45.500 poemas distribuídos.

0 comentários:

Postar um comentário